Cinto de segurança e celular: campeões de multa em Ponta Porã

 

A falta de conscientização quanto ao cumprimento do Código de Trânsito Brasileiro reflete no condutor muitas vezes apenas na hora de desembolsar o pagamento da multa. E isso é uma realidade que não é “privilégio” apenas em Ponta Porã. Estatísticas do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) apontam que o condutor brasileiro é desobediente quando o assunto são as regras, principalmente no quesito cinto de segurança e uso do telefone celular ao volante, previstas no CTB.

E Ponta Porã, não foge a esse cenário preocupante, já que os dois fatores são fundamentais na segurança no trânsito. Dados da Secretaria Municipal de Segurança Pública, através da Coordenadoria de Trânsito, apontam que o motorista pontaporanense está se descuidando quanto ao respeito às leis.

Mais da metade das multas aplicadas são a falta do uso do cinto de segurança, responsável por 51,5% das sanções, seguida mais abaixo pelo uso indisciplinado do aparelho de telefone celular ao volante.

E esses números são em sua grande maioria responsável pelo aumento no número de acidentes no trânsito, seja de pequeno, médio ou grande vulto. E a partir de agora, os agentes de trânsito e policiais militares não precisam mais parar os veículos para aplicar as multas pelo uso do telefone celular ao volante e pela falta do cinto de segurança.

O Supremo Tribunal Federal anulou, em decisão proferida no início deste mês, anulou a lei estadual 3.469 de dezembro de 2007, que só validava a multa com a identificação do condutor.

Com a decisão do STF, os motoristas devem redobrar a atenção e evitar a infração, lembra o Secretário Municipal de Segurança Pública, Marcelino Nunes. “Desde novembro do ano passado, a multa pela utilização do telefone celular passou de média para gravíssima e o valor é de R$ 293,47”, reforça o Secretário. Ele diz que a primeira orientação para a Guarda Civil Municipal é quanto a conscientização das novas regras. Depois, vem a aplicação da Lei.

DADOS – Além da falta do uso do cinto de segurança e do uso do telefone celular, a estatística da Secretaria de Segurança Pública mostra ainda outras irregularidades flagradas no trânsito em Ponta Porã e que resultaram em multas: estacionar sobre a faixa  destinada ao pedestre, avançar o sinal vermelho, estacionar ao lado de outro veículo em fila dupla, deixar o passageiro de usar o cinto de segurança, estacionar no passeio, transitar pela contramão em via com sinalização, estacionar nas esquinas a menos de 5 metros da calçada, além de outras pequenas infrações.

Notícias Relacionadas

Prefeitura entregará escritura definitiva a famíl... Projeto enviado à Câmara pelo prefeito Hélio Peluffo foi aprovado pelos vereadores   Projeto prevendo a regularização de títulos de morador...
Prefeito Hélio destaca força de Ponta Porã na prod... Município sedia abertura oficial do plantio na Fazenda Jotabasso, grande produtora de grãos do país  O prefeito Hélio Peluffo destacou na abertura ...
Prefeitura apoia ação da CAAMS em Ponta Porã A Prefeitura de Ponta Porã, através da Secretaria Municipal de Saúde, participou diretamente das ações desenvolvidas pela Caixa de Assistência dos Adv...
Prefeitura ativa posto de saúde no Nova Itamarati ... Unidade havia sido entregue na gestão passada sem as mínimas condições de funcionamento   A Prefeitura de Ponta Porã, através da Secretaria...