Projeto “Criança Feliz” será lançado neste sábado no Parque dos Ervais

Evento de entretenimento será no sábado a partir das 8 horas no Parque dos Ervais

A Prefeitura de Ponta Porã, através das secretarias de Assistência Social, Saúde e Funcespp promove neste sábado, dia 20, no Parque dos Ervais, o programa “Criança Feliz”. O evento será realizado em comemoração a semana da criança em Ponta Porã.

De acordo com a organização, o Criança Feliz terá um dia de muito entretenimento para as crianças da fronteira, com brincadeiras, pipocas, algodão doce, pintura facial e muito mais.

A secretaria de Saúde estará proporcionando atendimento pediátrico, odontológico, clínico-geral, distribuição de medicamentos. Asecertaria de Assistência social e toda sua equipe também estar presente no “Criança Feliz” de sábado, além da equipe da Funcespp – Fundação de Cultura e Esporte de Ponta Porá – e da secretaria de Educação.

IPTU 2018: carro e duas motos 0 Km serão sorteados dia 15

A Prefeitura de Ponta Porã vai sortear neste mês de outubro, três prêmios do IPTU 2018, sendo um carro zero quilômetro e duas motos também 0 km. Vale lembrar que vence neste dia 10 de outubro, a sétima parcela do IPTU. Somente quem estiver rigorosamente em dia com o tributo municipal vai concorrer aos prêmios. O sorteio ocorrerá dia 15, segunda-feira, às 10h, no Paço Municipal. 

O secretário de Finanças, Fabrício Cervieri, disse que o IPTU – Imposto Predial e Territorial Urbano, é o imposto que fica 100% no município. “È assim que conseguimos melhorar a infraestrutura de nosso município, investir na educação e assistência social, por exemplo. Por isso é muito importante que o contribuinte esteja em dia com seu IPTU. No dia 15 de outubro estaremos sorteando aqui na prefeitura, um carro e duas motos. Esse será o primeiro sorteio dos prêmios do IPTU 2018”, afirmou Fabrício Cervieri. O sorteio será realizado as 1º horas do dia 15 de outubro no setor de tributos do Paço Municipal. A prefeitura ainda vai realizar o sorteio de mais dois carros 0 km até o final do ano.

O prefeito Hélio Peluffo, destaca que neste ano, muitas obras utilizando recursos próprios, a prefeitura realizou pavimentação asfáltica de diversas regiões, melhorando com isso a qualidade de vida da população. “Sabemos do quanto o morador espera pelo asfalto, e nossos projetos estão avançando. Com recursos do IPTU, ampliamos nossa malha asfáltica nos bairros e proporcionamos melhorias nas condições dos bairros e vamos melhorar ainda mais”, enfatiza o prefeito. 

No ano passado, o prefeito Hélio Peluffo lembra que os recursos oriundos do IPTU foram aplicados em várias frentes de trabalho, melhorando a qualidade de vida da população. Utilizando parte dos recursos do IPTU pago à vista, a prefeitura efetuou recapeamento de sete trechos de vias públicas, totalizando 21 mil e 440 metros quadrados de pavimento  novo.

“Não reajustamos o valor como muitos municípios fizeram, apostamos em aumentar o percentual de pagamento e reverter tudo em investimentos para nosso município em várias áreas”, destaca o prefeito Hélio Peluffo.

?
?

Prefeitura e UFMS aceleram projeto de cadeia produtiva no distrito de Itamarati

?

Objetivo é organizar a produção de frango visando geração de emprego e renda

?

O prefeito Hélio Peluffo recebeu nesta segunda-feira, 08, a coordenadora do projeto de Incubadoras em Cooperativas, professora Miriam Aveiro, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, para ampliar o processo de implantação da incubadora no distrito de Nova Itamarati.

Várias reuniões com esse objetivo já foram realizadas e até novembro, será concluído o cadastramento das famílias participantes do projeto, que inicia em fevereiro de 2019 efetiva e diretamente a funcionar no distrito de Nova Itamarati. A prefeitura de Ponta Porã e a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, através da coordenadoria de Incubadora de Cooperativas firmaram importante parceria no sentido de estimular e direcionar a cadeia produtiva do frango no distrito de Nova Itamarati.

Famílias integrantes do programa de geração de renda e fomento à economia local já estiveram reunidos com gestores da UFMS e o prefeito Hélio Peluffo, quando foi oficializada a retomada das ações canceladas na gestão passada já que não houve a renovação do contrato com o município. A parceria foi questão de compromisso firmada pelo prefeito Hélio com as famílias produtoras do Itamarati e concretizada agora com assinatura do convênio.

Dentre as metas estabelecidas, estão a retomada da organização da cadeia produtiva e estímulo à produção englobando ainda o manejo, abate e comercialização, sempre com a supervisão da coordenadoria de cooperativas da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Conforme a professora Miriam Aveiro, em novembro será concluído o cadastramento das famílias e até a primeira quinzena de dezembro, toda a primeira etapa de conclusão do projeto será oficialmente lançado, com os trabalhos iniciando em fevereiro do ano que vem.

Esse desenvolvimento do processo associativo é um projeto de extensão da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul , prestadora de serviços necessários para o inicio , desenvolvimento e/ou reciclagens de cooperativas ou grupos de trabalho associativo, denominados de Empreendimentos de Economia Solidaria (EES) .

É uma linha de extensão universitária que disponibiliza um núcleo básico interdisciplinar formado pelo quadro docente, acadêmico e técnico, buscando  assim, socializar o conhecimento da universidade junto aos setores populares. No distrito de Nova Itamarati, as famílias produtoras terão assessoramento direto de toda a cadeia econômica do frango como forma de geração de trabalho e renda, organizando cadeias produtivas, promovendo a capacitação de cooperados/empreendedores através de curso de qualificação de forma continuada.

O prefeito Hélio Peluffo destacou o empenho da prefeitura desde o primeiro momento em que o projeto foi colocado novamente em discussão para ser retomado. “Desde que recebemos o projeto colocamos nossa preocupação e desejo que a atividade fosse retomada o quanto antes, visando apoiar e auxiliar diretamente as famílias na produção e comercialização do frango, um importante incremento econômico na geração de renda”, enfatizou.

O projeto do frango caipira foi o primeiro colocado, objetivando em um primeiro momento a capacitação para a produção. A professora e coordenadora da Incubadora de Cooperativas da UFMS, Miriam Aveiro falou da satisfação em retomar o programa que até 2012 atendeu as famílias cooperadas, gerando renda contínua.

“Esse é um mecanismo forte para garantir fonte de renda às famílias e fico muito feliz pelo apoio e aporte do prefeito Hélio Peluffo nesse trabalho que ora está sendo reiniciado”, enfatizou a professora. O professor e pró-reitor de Extensão da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Marcelo Fernandes Pereira destacou a importância da parceria entre prefeitura e a universidade.

Dentre as metas a serem atingidas dentro da cadeia produtiva do frango no distrito de Nova Itamarati, estão a produção de carne com qualidade. A carne de frango é um dos alimentos mais presentes na dieta do brasileiro devido a sua qualidade nutricional, facilidade de preparo, disponibilidade e custo, garantindo a nutrição saudável. Em média, cada brasileiro consome 43 kg de carne frango por ano, in natura e nas mais variadas formas de processamento (inteiro, em pedaços, salsichas, alimentos prontos etc).

A cadeia produtiva de frangos de corte agrega setores desde o produtor de grãos e as fábricas de rações, os transportadores, os abatedouros e frigoríficos até o segmento de equipamentos, medicamentos, distribuição e o consumidor final. A eficiência dessa cadeia produtiva é que tem permitido ao Brasil ser o terceiro produtor mundial e o primeiro exportador de carne de frangos, atendendo mais de 150 países, devido a qualidade e segurança alimentar da carne brasileira e à eficiência de produção.

A proposta de inicio de alojamento das aves  esta prevista em junho deste ano  e a comercialização será direcionada para merenda escolar (PNAE) Conab (PAA) e mercado local.

O subprefeito do distrito de Nova Itamarati, Daniel Valdez enfatizou o importante cenário vislumbrando na economia local com a retomada do processo de apoio à produção aviária na localidade, propiciando novas perspectivas inclusive de novos gêneros de produção, buscando reduzir significativamente a carências em núcleos rurais distante do centro da cidade trazendo o desenvolvimento econômico  e sustentável para o distrito de consequentemente ao município. Para o presidente da Cooperai, Antonio Coinete Melo o programa de produção aviária incentivando e orientando a comercialização vem de encontro aos anseios da comunidade envolvida na atividade.

Participaram da reunião, além do prefeito Hélio Peluffo, a professora coordenadora de Incubadora de Cooperativas da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Miriam Aveiro, representantes da Agraer e lideranças do distrito de Nova Itamarati, dentre as quais a subprefeita Natália Velasquez.

Prefeitura entrega óculos na Itamarati e realiza 5ª etapa em Ponta Porã

Prefeito Hélio e secretário de Saúde Patrick Derzi realizaram entrega inédita no distrito de Nova Itamarati

A prefeitura de Ponta Porã, através da secretaria municipal de Saúde, efetuou entrega inédita de óculos gratuitamente no distrito de Nova Itamarati. Quase 200 moradores foram beneficiados nesta primeira etapa do programa, continuidade da ação “Saúde Mais Perto de Você” realizada mês passado e que contemplou a localidade. O prefeito Hélio Peluffo e o secretário de Saúde, Dr. Patrick Derzi efetuaram a entrega ao lado de toda equipe da administração municipal da área de saúde.

Além disso, a prefeitura efetuou nesta sexta-feira, dia 05, a 5ª etapa de entrega de óculos gratuitos, quando mais 150 pessoas foram beneficiadas. O repasse ocorreu no Centro de Especialidades Médicas “João Kayatt”. Paralelo a entrega, novos pacientes passaram por triagem e exames, escolhendo a armação cuja entrega será efetuada em breve.

O programa, lembra o prefeito Hélio Peluffo, está dentro do compromisso assumido com a população de melhorar a qualidade de vida através de cuidados com a saúde. Este é o principal objetivo de um programa desenvolvido pela Prefeitura de Ponta Porã, através da Secretaria Municipal de Saúde, que consiste em entregar gratuitamente, óculos para pessoas atendidas no Sistema Único de Saúde-SUS.

O programa de atendimento entrou em sua quinta etapa, beneficiando mais de 1.000 pessoas até agora. “Uso óculos desde os cinco anos de idade. Esta é a primeira vez que participo do programa e estou bastante satisfeita porque fui muito bem atendida”, afirmou a dona de casa Aline Sanches Brandão.

O caso dela evidencia o quanto é importante o programa de órteses e próteses oftalmológicas mantido pela Prefeitura de Ponta Porã. “Ela recebeu um óculos com lentes de 12 graus para miopia e 1 de astigmatismo. Trata-se de lente especial, difícil de ser feita. O objetivo foi preparar uma lente adequada com uma armação confortável”, explicou o secretário de saúde, Patrick Derzi.

A coordenadora do programa, Ugenia Vacaro Gonçalves, informou que as pessoas são encaminhadas pelos profissionais do SUS escolhem as melhores armações. Tanto que durante a entrega de óculos também havia uma grande quantidade de pessoas que escolheram a nova armação. “A entrega destes óculos será feita na próxima remessa, prevista para o mês que vem”. O secretário de Saúde destacou durante as entregas feitas no distrito de Nova Itamarati e também no “João Kayatt” a importância de beneficiar as pessoas, pois o prefeito Hélio Peluffo tem tido esse comprometimento ao lado de toda equipe e servidores da prefeitura em garantir a melhoria da qualidade de vida da população.

O prefeito Hélio disse que o programa será mantido com o objetivo de beneficiar mais pessoas. “Quero agradecer ao apoio do governador Reinaldo Azambuja que tem investido na saúde de Ponta Porã, melhorando o hospital e trazendo a Caravana da Saúde, proporcionando atendimento a uma grande quantidade de pessoas que estavam excluídas, sem atendimentos especializados por muito tempo. Nosso passo seguinte será fortalecer a parceria para que possamos oferecer, junto com a Cassems, atendimento oncológico. As pessoas para fazer quimioterapia não precisarão mais sair de Ponta Porã. Este tratamento será oportunizado aqui mesmo”, anunciou o prefeito, referindo-se a uma parceria da Prefeitura, Câmara Municipal, Cassems e Governo do Estado para atender pessoas que fazem tratamento contra o câncer.

Prefeitura abre diálogo com servidores sobre PCCR

?

Todas categorias farão parte dos debates, conforme orientação do prefeito Hélio Peluffo

?

A prefeitura de Ponta Porã abre canal de diálogo com todas as categorias do funcionalismo público municipal acerca da implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) no Poder Executivo. Uma das primeiras reuniões ocorreu com dirigentes do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação), presidente Edvaldo Vieira e Luciana Mattos com a secretária de Administração, Dulce Manosso e o presidente da Comissão de Debates do Plano, Rodrigo Sette.

Semanalmente ocorrerão reuniões da comissão com setores da administração municipal. No início da semana, ocorreu a abertura oficial dos trabalhos iniciando o processo para implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) em todo o funcionalismo público municipal no Poder Executivo. Foi a primeira reunião de trabalho para formalizar a comissão que passa a debater internamente a elaboração do Plano, uma das mais antigas aspirações dos servidores públicos.

No encontro com os dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, foram reiteradas várias situações que serão amplamente debatidas até o fechamento dos debates. A partir de agora, as reuniões serão periódicas visando esgotar todos os itens que integrarão o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração, em todos os detalhes. Sob a coordenação da secretária de Administração, Dulce Manosso, representantes das secretarias iniciaram os trabalhos formalmente, primeiramente com a formação da comissão responsável pelos estudos.

O prazo final para implantação efetiva do PCCR é maio de 2019. “Até lá, teremos que entregar o plano de cargos, carreira e remuneração”, reiterou Dulce Manosso. A comissão será presidida pelo Controlador Interno do Poder Executivo, Rodrigo Sette e contará com integrantes de todas as secretarias municipais.

A política de recursos humanos do Poder Executivo do Município de Ponta Porã terá como finalidade a valorização do servidor, a criação de condições favoráveis à inovação, ao aprimoramento profissional e à manutenção do nível técnico e gerencial, o oferecimento de remuneração digna e compatível e o dimensionamento da força de trabalho, visando à eficiência, continuidade e qualidade da prestação dos serviços públicos.

Dentre os pontos abordados na primeira reunião de trabalho, está a que especifica a participação de representantes de todas as secretarias no processo de debate. Na gestão passada, não houve abertura para a participação direta dos servidores, o que acarretou um ´engessamento´ do plano elaborado à época. A secretária de Administração, Dulce Manosso disse que uma das orientações do prefeito Hélio Peluffo é justamente garantir a efetiva e direta participação de servidores de todas as secretarias.

Na área de Educação, haverá estudos no sentido de reformar o atual Plano de Cargos, Carreira e Remuneração, mas a secretária Dulce Manosso explicou que cada pasta especificamente debaterá internamente todos os detalhes e apresentará relatório final, adaptando ao PCCR que entrará em vigor em maio de 2019.

PESQUISA DE PREÇO – CESTA BÁSICA

 

A prefeitura de Ponta Porã, por intermédio do Procon municipal divulga os preços dos itens da cesta básica, realizada em parceria com o curso de Administração das Faculdades Integradas de Ponta Porã (FIP/MAGSUL) no município de Ponta Porã nas datas nos dias 25/09 e 26/09/2018. Veja ao final a pesquisa completa.

 

A pesquisa revela que a variação de preços entre diversos produtos foi superior a 100%. Foram pesquisados os preços de gêneros alimentícios, de higiene e limpeza constantes na cesta básica Pontaporanense nos quatro maiores supermercados da cidade. A metodologia empregada foi o levantamento dos menores preços por unidade para o mesmo tipo de produto, não especificando marca do mesmo. Confira abaixo a tabela com os itens que sofreram maior variação entre os estabelecimentos pesquisados.

 

Produto

Variação em %

Extrato de Tomate (embalagem 300-370g)

107,83%

Biscoite de Maisena (200g)

107,87%

Pão de Forma (500g)

113,52%

Sabão em Pó (Kg)

118,12%

Palha de Aço

185,71%

Os produtos que sofreram a menor variação de preços entre os estabelecimentos pesquisados.

Produto Variação em %
Alho 0,49%
Leite em pó integral (embalagem 400-500g) 4,39%
Açúcar cristal (2 kg) 4,50%
Batata inglesa (Kg) 5,03%
Farinha de Mandioca Torrada (pacote com 500g) 5,28%
Arroz Tipo 1 (5 Kg) 7,30%
Feijão Preto Tipo 1 (Kg) 9,59%
Carne de Primeira (Kg) 9,89%

 

A diferença de preços entre a cesta básica mais barata e a mais cara foi de 7,56%, no mês de Agosto. A cesta básica ocupa na renda mensal do trabalhador cerca de 20,45% de um salário mínimo brasileiro.

O consumidor deve ficar atento às especificações contidas na embalagem dos produtos, como prazo de validade, composição e peso líquido. Veja abaixo a pesquisa completa:

 

 

Prova prática avalia equipe para robótica em 2019

Prefeitura realiza exame seletivo para compor equipe de robótica

A prefeitura de Ponta Porã, através da secretaria municipal de Educação via Núcleo de Tecnologia Educacional Municipal (NTEM) realiza nesta semana provas em escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme) visando selecionar alunos para equipe de robótica. As provas acontecem desde esta terça-feira (03) até esta sexta-feira, dia 05, com aplicação de prova prática aos alunos.

O coordenador do projeto de robótica, professor Rubens de Oliveira Paz salienta que as provas serão realizadas em duas etapas, sendo a primeira nesta semana e os aprovados nos testes práticos, estarão participando da segunda e última etapa. Nesta fase, os aprovados integrarão a equipe de robótica do município.

O Objetivo do NTEM com o curso é, atualizar o conhecimento, os conceitos e tendências sobre Robótica, desta forma, diversificando as possibilidades tecnológicas voltadas para as questões pedagógicas e assim atender cada vez melhor os alunos das Escolas da Rede Municipal de Ensino.

“Consideramos que a Robótica como proposta pedagógica deve ser fundamentada numa visão crítica  da  sociedade, a  partir  das  divergências  nela existentes,   procurando   atuar   nessa   realidade,   provocando   transformações  sociais. Com esse trabalho, pode ser evidenciado  a interação, a  participação  e  a  troca  de  ideias  pela  busca  de  soluções  para  os  problemas propostos  em  cada  atividade  executada. Isso, sem dúvida, proporciona o desenvolvimento do trabalho colaborativo, do senso de liderança, da autonomia e da criatividade”, afirma Kedma Souza Moraes, coordenadora do NTEM de Ponta Porã.

RESULTADOS – A prefeitura Municipal de Ponta Porã através da Secretaria Municipal de Educação e NTEM (Núcleo de Tecnologia Educacional Municipal) obteve excelente resultado na etapa de robótica estadual da OBR (Olímpiada Brasileira de Robótica) disputada em Campo Grande nos dias 23 e 24 de agosto. O prefeito Hélio Peluffo parabenizou toda equipe do NTEM pelo brilhante resultado obtido, consagrando o trabalho desenvolvido.

Com o apoio do prefeito Hélio Peluffo Filho, o projeto de robótica na Rede Municipal de Ensino foi criado o Grupo GDRIVE- Grupo de Desenvolvimento de Robótica Interdisciplinar – com visão estratégica no ano de 2017, com o intuito de trabalhar a robótica educacional e de competição.

Posteriormente, explica a professora Kedma Souza Moraes, diretora do NTEM, foram selecionados alguns alunos destaques da olimpíada KTurtle que, basicamente consistiu na realização de uma prova de raciocínio lógico e linguagem de programação, onde se formaram 4 equipes, sendo Nível 0 Apolo I e II, Nível 1: GDRIVE Hermes e no nível 2: GDRIVE Fênix. A escolha dos nomes das equipes foi pensada e inspirada na mitologia greco-romana.

Estas equipes foram inscritas na prova prática da OBR, e a partir daí passaram por treinamentos realizados no NTEM (Núcleo de Tecnologia Educacional Municipal) sob orientação do professor multiplicador Rubens de Oliveira Paz e estagiário da UFMS Deivison Rafael Lopes Figueredo. Posteriormente estas equipes participaram da 1ª fase regional que aconteceu no Colégio Elite Total dia 11 de agosto, em Ponta Porã, onde o NTEM apresentou as quatro equipes, e desta forma, a equipe GDRIVE Hermes foi classificada para a etapa estadual.

Na fase estadual da prova a equipe GDRIVE Hermes composta pelos alunos Lucas Alves dos Santos da Escola Municipal Rural “Graça de Deus” e Wilson Rodrigo Figueiredo Oviedo da Escola Municipal “Ramiro Noronha”, disputaram com 24 equipes de todo o Estado, pré-classificados nas regionais entre mais de 150 equipes.

Esta fase estadual aconteceu no centro de convenções Albano Franco nos dias 23 e 24 em Campo Grande passando por momentos de emoção de aprendizagem e cooperação entre as equipes, principalmente as de Ponta Porã que contou com o apoio da Escola Municipal “Ignês Andreazza”, Escola Estadual “João Brembatti Calvoso” e IFMS.

Em suma, a equipe GDRIVE Hermes obteve o 1º lugar no nível 1 sendo campeã estadual, garantindo assim a vaga na nacional que ocorrerá entre os dias 06 e 09 de novembro na cidade de João Pessoa na Paraíba.

Este prêmio é muito significativo para a educação pública municipal de Ponta Porã, que está em constante busca pela inovação e que acredita que a educação é o caminho para grandes vitórias e oportunidades.

“Programa Saúde na Escola” contempla alunos da Escola Municipal Manoel Martins

A Escola Municipal Manoel Martins, localizada no Bairro da Granja, foi a unidade escolhida para receber a Intervenção – Prevenção da saúde Bucal e práticas de atividades Físicas. As atividades aconteceram na sexta-feira  passada, 28. A ação foi realizada na escola com a equipe multidisciplinar do Posto de Saúde Pedro Monteiro do Bairro da Granja, por meio da parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde e a Secretaria Municipal de Educação.

O Programa Saúde na Escola visa a integração e articulação permanente da educação e da saúde, proporcionando melhoria da qualidade de vida da comunidade escolar e colocando também em prática o Projeto que vem sendo desenvolvido por todos os segmentos do município “Cultura da Paz”.

Com essa proposta, a equipe de profissionais elaborou ações que foram executadas, simultaneamente, tais como apresentação de Balé, apresentação da Academia da Saúde, Teatro, prática de escovação dentária, karatê, dentre outras atividades.

Além da participação dos funcionários e alunos da Escola, estiveram envolvidos os seguintes profissionais: Dentista, Pediatra, Enfermeira, técnica de enfermagem, agentes comunitários, Auxiliares administrativos, Auxiliares de Serviços diversos e Academia da Saúde.

Os alunos da Escola Manoel Martins participaram de toda programação, que segue os principais eixos prioritários do programa, a exemplo de: saúde bucal; alimentação; saúde auditiva; prevenção de violências e acidentes; ações de combate ao Aedes Aegypti; práticas corporais e cultura da paz.

O diretor da escola, professor José Arnaldo Moura enfatiza que a visita dos profissionais ajuda na conscientização sobre assuntos distintos e a ação é de fundamental importância para a escola, que convive com variadas situações, diariamente.  “A abordagem de diferentes temas contribui com o desenvolvimento do pensamento crítico e contribui com a qualidade de vida dos nossos educandos. É importante que essa parceria entre a Saúde e Educação dê continuidade a essas ações, com ênfase na necessidade dos Educandos de nossa comunidade”, ressaltou o diretor.

Programa Segundo Tempo atende alunos da Reme no 11º RC Mec

Projeto é desenvolvido em parceria entre a prefeitura e o 11º RC Mec

Parceria entre a prefeitura de Ponta Porã e o 11º RC Mec (Regimento de Cavalaria Mecanizado) ´Marechal Dutra´, inicia projeto do Ministério da Defesa em conjunto com o Ministério do Desenvolvimento Social e com a secretaria Nacional da Juventude.

O programa ´Segundo Tempo´ – “Forças no Esporte” tem por objetivo diminuir a situação de exclusão e risco social das crianças e adolescentes, de forma direta e indireta, incentivando o gosto pelo esporte, auxiliando no processo de educação, saúde, conhecimentos pessoal e social.

Além disso, desenvolver habilidades motoras, aliadas ao equilíbrio emocional, civismo, disciplina, dedicação e ética, atendendo prioritariamente àqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social e regularmente matriculadas na rede pública de ensino.

O programa começa a ser desenvolvido envolvendo alunos das escolas municipais São João e Ignês Andreazza, com a participação de 100 alunos que estarão frequentando o quartel do Exército Brasileiro em Ponta Porã duas vezes por semana, no horário das 12h às 16h30. A metodologia de trabalho envolve o desenvolvimento da Educação Cívica e Social, coordenação motora, trabalho em equipe, regras e práticas desportivas.

No interior do 11º Regimento de Cavalaria Mecanizado, os estudantes terão acesso a atividades de Educação Cívica e Social como aprender o Hino Nacional, culto às tradições e realizações de palestras, prevenção às drogas, orientação sexual e saúde. Também desenvolverão atividades lúdicas como desenvolver a coordenação motora, equilíbrio e flexibilidade, regras e prática desportivas como aprender as regras de orientação e modalidades esportivas.

Escola Municipal Orlando Mendes recepciona Fecifron

A Escola Municipal ´Prefeito Orlando Mendes Gonçalves´ recepciona nesta terça-feira, 02, a Feira de Ciência e Tecnologia da Fronteira (FECIFRON), realizada pelo Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) campus Ponta Porã.  O objetivo da feira é promover o desenvolvimento da criatividade e capacidade inventiva e investigativa discente nos níveis fundamental, médio e educação profissional de nível técnico.

A FECIFRON  visa a promoção da pesquisa em todas as áreas de conhecimento da ciência e tecnologia nas escolas das redes pública e privada do município de Ponta Porã, valorizando o conhecimento, a inovação e a divulgação científica.

A Escola Municipal “Prefeito Orlando Mendes” cedeu a quadra de esporte para a realização desse evento. “Somos parceiros, pois acreditamos que um evento desse porte, que visa incentivar a pesquisa nas áreas de conhecimento da ciência e tecnologia é algo fantástico e grandioso. Nossos alunos visitaram a feira e ficaram encantados com todos os projetos”, lembra a diretora da escola, professora Ingrid Landolfi.