Contorno viário norte: concretagem de ponte acelera

Trecho sentido centro-bairro cruzando bairros São João e Estoril recebe asfalto

As obras do contorno viário norte estão avançadas. O prefeito Hélio Peluffo vem acompanhando todo o trabalho, percorrendo o trecho norte. O primeiro trecho do contorno viário norte com pavimentação começa a ganhar forma, desde a rua Guia Lopes seguindo pela rua México. Nesta semana, a concretagem da ponte é uma importante etapa da fase de execução das obras. O trecho corta parte do bairro São João, seguindo pelo Estoril, chegando até o bairro Gui Vilela para seguir a rodovia MS 164.

Uma obra emblemática na primeira etapa do contorno viário, a ponte sob a rua México avança ligando as duas partes dessa via no Jardim Estoril, o que possibilitará a junção do trecho norte. Os trabalhos estão em fase adiantada, aproveitando os dias de estiagem, importante nesta etapa do processo de construção da ponte.

O prefeito Hélio Peluffo lembrou que o contorno viário resgata um compromisso assumido com a população de Ponta Porã e com apoio do governador Reinaldo Azambuja “estamos realizando a obra, uma das mais aguardadas pela população nos últimos anos”, frisou o prefeito Hélio Peluffo. “É um investimento superior a R$ 22 milhões”, complementa.

As obras do contorno viário norte avançam gradativamente e a ligação entre os bairros Jardim Estoril e Gui Vilela está em fase bem adiantada, mesmo com o ritmo desacelerado por conta da pandemia. Os trabalhos de drenagem no contorno viário norte avançam em dois extremos importantes dessa ligação que mudará totalmente o cenário urbanístico da cidade, com a retirada da circulação de veículos pesados na área central.

Novos veículos renovam frota da saúde em Ponta Porã

Prefeito Hélio Peluffo anuncia investimento de 19 milhões de reais na saúde do município

O Brasil e o mundo vivem uma crise sem precedentes com a pandemia do Covid-19.
Muitos investimentos pararam nos municípios brasileiros. Em Ponta Porã, no entanto, a
realidade é outra. Com muita responsabilidade administrativa e com medidas que diminuíram
os gastos, o prefeito Hélio Peluffo vem conseguindo manter o município a pleno vapor nos
investimentos em várias áreas, a saúde é uma delas. A frota de veículos da saúde começa a ser
renovada com a aquisição de novas ambulâncias e veículos para atender a secretaria
municipal de saúde.
“Nós vamos fazer um investimento na ordem de 19 milhões de reais na saúde. È um
compromisso nosso, melhorar a saúde da população de Ponta Porã, criar condições melhores
para os funcionários atenderem melhor, cuidar melhor e a gente ter uma população mais
sadia”, afirmou o prefeito Hélio Peluffo. O prefeito informou que serão adquiridas mais duas
ambulâncias UTI para o município. Uma neonatal, uma novidade na região, sendo a primeira
ambulância neonatal de Ponta Porã.
Na semana passada, o prefeito Hélio Peluffo ao lado do secretário de saúde, Dr Patrick
Derzi e dos vereadores, realizou a entrega de três veículos para a saúde, além de destinar para
o SAMU a ambulância doada pela empresa JBS. Uma camionete para atender o CAPS, uma
doblô para o SAE e outra Doblô para atender a secretaria de saúde.
O titular da pasta, Dr Patrick Derzi destaca os investimentos realizados pelo prefeito
Hélio Peluffo na saúde do município. “Isso vem para somar ainda mais, para que nossos
funcionários tenham mais condições de atender melhor os pacientes. Os investimentos são
fundamentais para que o atendimento melhore a cada dia mais”, afirmou Patrick Derzi.
Além da renovação da frota de veículos, os investimentos na saúde não param. O CIS
passa por uma reforma e a farmácia popular terá sua capacidade de armazenamento ampliada
para melhor atender a população.

Prefeitura fortalece projeto ´Sala Digital´ via FAC

Projeto estende cursos de aperfeiçoamento pessoal e profissional para a área educacional

 A prefeitura de Ponta Porã, através do Fundo de Apoio à Comunidade, desenvolve cursos de aperfeiçoamento visando melhorar as ferramentas de utilização das redes sociais. Primeiramente, o curso foi levado para participantes de projetos voltados para vendas e no segundo momento, o curso foi apresentado a professores da Rede Municipal de Ensino na Escola Municipal ´Dora Landolfi´, no distrito de Sanga Puitã.

Seguindo todos os protocolos de segurança contra o Covid-19, um grupo de educadores participou do curso voltado para área educacional.  O FAC (Fundo de Apoio à Comunidade) promoveu o curso Sala Digital para professores da Escola Municipal Dora Landolfi, de Sanga Puitã, capacitando, tirando dúvidas e fornecendo instruções práticas de uso e manuseio das redes sociais, visando facilitar a comunicação durante a pandemia. O curso foi ministrado por Eder Gimenez e Hellen Matos.

Esse é mais um programa do Fundo de Apoio à Comunidade voltado para o aperfeiçoamento pessoal e profissional. Coordenado pela primeira-dama Vânia Peluffo, o FAC vem trabalhando no sentido de fortalecer diversos setores da sociedade, principalmente quanto a profissionalização.

A diretora da Escola Municipal ´Dora Landolfi´, professora Rosane Melgarejo Reis destaca a importância do curso como forma de levar mais conhecimento na área de informática em um período em que as aulas virtuais são fundamentais no período de pandemia. Ela enfatiza a atividade pedagógica complementar como uma ferramenta de enriquecimento aos professores.

Neste período da pandemia, para ajudar a população a se proteger contra o coronavírus, o Fundo de Apoio a Comunidade de Ponta Porã (FAC) entregou 3400 máscaras de proteção para a Secretaria Municipal de Educação de Ponta Porã distribuir aos pais e alunos carentes da Rede Municipal de Ensino, que vão até as escolas sem máscara retirar as atividades dos estudantes.

As costureiras do FAC produziram 3050 máscaras e 350 foram doadas pela Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã (Acepp), para ajudar na prevenção do covid-19.

Além das máscaras, também foram confeccionados 20 capotes, uma espécie de capa larga e longa, que faz parte dos equipamentos de proteção individual (EPI), os quais serão utilizados pelos enfermeiros e cuidadores na Instituição de Longa Permanência de Idosos (Ilpi).

LEGENDA

Sala digital levou aperfeiçoamento na área de informática e redes sociais

Hélio Peluffo agradece ambulância doada Pela JBS

JBS realiza mais uma importante doação para a Prefeitura de Ponta Porã

O prefeito Hélio Peluffo recepcionou a equipe da JBS no paço Municipal de Ponta Porã, na última sexta-feira (17), para receber a doação de uma ambulância UTI ao Fundo Municipal de Saúde de Ponta Porã.

A doação da ambulância faz parte da campanha da empresa “Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade”. Para o prefeito Hélio Peluffo, a doação da UTI Móvel vem um momento em que o município precisava. “Uma doação que nós precisávamos muito, veio bem na data de aniversário de nossa cidade. A doação dessa ambulância UTI chega em um momento critico. O SAMU estava sem ambulância na semana passada, Campo Grande nos enviou uma momentaneamente e agora a JBS vem para nos salvar mais uma vez. Uma empresa que tem responsabilidade social e que vem nos auxiliar mais uma vez. Nessa luta contra o Covid-19, os números ainda são positivos para Ponta Porã e a JBS tem nos ajudado muito nisso, no momento em que mais nós precisávamos das EPIs, a JBS nos salvou fazendo uma importante doação para nossos profissionais de saúde. Só tenho a agradecer esse importante apoio da JBS, que nos dá um presente importante e para salvar vidas”, afirmou

Desde junho, a JBS já doou para a Prefeitura um monitor de sinais vitais, 6,3 mil litros de produtos de higiene e limpeza (álcool em gel e sabonete líquido) e cerca de 38 mil equipamentos de proteção individual (EPIs), como aventais, macacões impermeáveis, luvas de procedimentos, máscaras cirúrgicas e N95, toucas e viseiras faciais.

Ponta Porã é um dos mais de 200 municípios que estão sendo beneficiados pelo programa no Brasil. Em Mato Grosso Sul, a JBS fará a doação de R$ 21 milhões, sendo R$ 10 milhões para o Estado e R$ 11 milhões para 16 cidades sul-mato-grossenses, beneficiando mais de 1,5 milhão de pessoas.

A entrega da chave da ambulância UTI, foi feita pelo gerente de recursos humanos da JBS em Ponta Porã, Fábio Brzozowski. “A JBS faz essa doação para ajudar a salvar vidas durante essa pandemia e de também depois que a crise passar. A cidade tem poucos casos em comparação com outros municípios, e claro que essa parceria ajuda muito nesse combate”, declarou Brzozowski.

O secretário de saúde, Dr Patrick Derzi, também destacou a importância da ambulância para Ponta Porã. “Essa é mais uma doação que a JBS faz para Ponta Porã, depois de fazer uma grande doação de EPIs. Essa ambulância é completa e vai ajudar muito a secretaria de saúde, para poder atender as remoções, transferências e resgates, em um momento que estamos passando por uma situação tão difícil, em nome da prefeitura, de toda Ponta Porã, agradecemos a JBS por esse presente muito importante para a cidade”, declarou Patrick Derzi.

Prefeitura recebe mais de 5 mil EPI´s da JBS

É a segunda remessa entregue pela empresa ao município visando contribuir no combate ao COVID-19

A prefeitura de Ponta Porã, através da secretaria municipal de Saúde, recebeu no sábado (4), a entrega da JBS de um monitor de sinais vitais, cerca de 5 mil equipamentos de proteção individual (EPIs) – macacões impermeáveis e luvas de procedimentos – e 6 mil litros de álcool em gel ao Fundo Municipal de Saúde de Ponta Porã (MS).

Essa é mais uma doação da empresa para a cidade dentro do seu programa “Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade”. No dia 17 de junho, foram entregues 33 mil EPIs (máscaras cirúrgicas e N95, aventais, toucas e viseiras faciais), além de 255 litros de sabonete líquido à mesma instituição.

Ponta Porã é um dos mais de 200 municípios que serão beneficiados pelo programa no Brasil. Em Mato Grosso Sul, a JBS fará a doação de R$ 21 milhões, sendo R$ 10 milhões para o Estado e R$ 11 milhões para 16 cidades sul-mato-grossenses, beneficiando mais de 1,5 milhão de pessoas.

“A JBS estruturou um programa dedicado a apoiar o país no enfrentamento a essa pandemia. Essa nova doação que chega à nossa cidade vem em um momento oportuno. Quando tudo isso passar também teremos deixado um legado importante para o sistema de saúde da região”, diz Fábio Brzozowski, gerente de Recursos Humanos da unidade da JBS em Ponta Porã.

Para Fábio Brzozowski “como empresa cidadã é muito significante poder contribuir com a comunidade onde vivemos e participamos. As doações chegam em um momento importante para o atendimento da população e para ajudarmos a salvar vidas na região”.

O secretário de Saúde, Patrick Derzi destacou a relevância da doação como forma de reforçar o trabalho desenvolvido, principalmente no tocante a proteção dos servidores da saúde, garantindo melhores condições para executar o trabalho diário.

O prefeito Hélio Peluffo agradeceu a empresa JBS pela contribuição enfatizando que a unidade Ponta Porã não conta com nenhum caso da doença, fruto da preocupação da empresa em todo o país no tocante a prevenção.

“Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade” – Os R$ 400 milhões que serão doados pela JBS contra a pandemia no Brasil serão aplicados nas três frentes de atuação do programa – saúde, assistência social e ciência. A estimativa é que mais de 63 milhões de pessoas sejam beneficiadas com as ações.

Participaram do ato, realizado no Centro de Controle de Zoonoses, além do prefeito Hélio Peluffo e do gerente de Recursos Humanos da unidade da JBS em Ponta Porã, Fábio Brzozowski, a diretora da Farmácia Central, Juliana Manosso Caffarena, vereador Marcelino Nunes e servidores da Saúde municipal, além da imprensa que prestigiou o evento.

LEGENDA

Prefeito Hélio Peluffo recebeu da JBS mais uma remessa de equipamentos

 

FAC entrega 3400 máscaras para Secretaria de Educação de Ponta Porã

Para ajudar a população a se proteger contra o coronavírus, o Fundo de Apoio a Comunidade de Ponta Porã (FAC) entregou 3400 máscaras de proteção para a Secretaria Municipal de Educação de Ponta Porã distribuir aos pais e alunos carentes da Rede Municipal de Ensino, que vão até as escolas sem máscara retirar as atividades dos estudantes.

As costureiras do FAC produziram 3050 máscaras e 350 foram doadas pela Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã (Acepp), para ajudar na prevenção do covid-19.

Além das máscaras, também foram confeccionados 20 capotes, uma espécie de capa larga e longa, que faz parte dos equipamentos de proteção individual (EPI), os quais serão utilizados pelos enfermeiros e cuidadores na Instituição de Longa Permanência de Idosos (Ilpi).

O FAC recebe doação de tecidos para a confecção de máscaras, capotes e também de roupas para crianças. Se você também deseja contribuir pode entrar em contato através do número (67) 98431-4189.

LEGENDA

Trabalho do FAC beneficiária a Rede Municipal de Ensino

COVID-19: barreira sanitária orienta sobre importância da prevenção

Instalada na BR 463, objetivo é ampliar a orientação das ações preventivas ao COVID-19

A prefeitura de Ponta Porã, através da secretaria municipal de Saúde, orienta e repassa importantes ações na prevenção ao Covid-19, além da desinfecção dos veículos que chegam a Ponta Porã. O ponto de atendimento está instalado na BR 463 e monitora a chegada via rodovia federal. Ao passar pelo local, o motorista está sendo abordado por profissionais da saúde, da Secretaria Municipal, com aferição da temperatura corporal, informação e orientação à população sobre a prevenção ao covid-19.

As barreiras são realizadas em pontos estratégicos, pelas vigilâncias sanitárias estadual e municipais Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e voluntários, para reforçar a vigilância nas portas de entrada das cidades. A Guarda Civil Municipal dá o suporte para o atendimento.

“O objetivo da barreira é captar, monitorar, orientar e notificar, se for o caso, a população em trânsito que está entrando no nosso município. As pessoas abordadas são orientadas a permanecer em isolamento domiciliar pelo período de sete dias, se não tiverem sintomas, e 14 dias, se tiverem sintomas, a contar do dia em que chegaram de viagem”, explicou o secretário de Saúde, Dr. Patrick Derzi.

“Em caso de abordagem a casos suspeitos, os mesmos são notificados e orientados a permanecer em isolamento, e a equipe da Saúde da Família é comunicada para a realização de visita domiciliar e monitoramento durante o período preconizado pelo Ministério da Saúde, reforça.

Na abordagem é preenchido um questionário de onde o passageiro/motorista está vindo e para onde vai, são notificados em fichas de controle todos aqueles que venham de outros municípios, estados e países, sendo encaminhados para Vigilância Epidemiológica a fim de realizar o monitoramento.  Na ocasião, motoristas também são orientados sobre a prevenção ao COVID-19, o uso obrigatório de máscara ao sair de casa, distanciamento social e demais cuidados de higiene.

“Desta forma, solicitamos a compreensão e colaboração da população que no momento da abordagem forneçam informações fidedignas para andamento dos trabalhos”, afirmou o médico Patrick Derzi.

Até a quarta-feira, 02, Ponta Porã apresentava 130 casos de Covid-19 (60 curados), 4 óbitos, 4 internados em UTI e 61 em isolamento domiciliar monitorado. Importante se prevenir para evitar contágio.

Prefeitura realiza processo seletivo para Assistência Social

A prefeitura de Ponta Porã, através da secretaria municipal de Assistência Social, realiza nesta segunda-feira e terça, dias 29 e 30, inscrições para o processo seletivo simplificado da assistência social visando preencher vagas para assistente social, psicólogo, cuidador de idoso, cuidador infantil, entrevistador, orientador social e educador social. O edital com todas as informações foi publicado dia 22 de junho de 2020, e as inscrições acontecem no centro de convenções, de 08h as 11 e 13h as 16h no Centro de Convenções de Ponta Porã/MS, sito à Rua Baltazar Saldanha, 599, Jardim Ipanema (em frente ao Hospital Regional).

A realização do Processo Seletivo será para contratação temporária e emergencial dos cargos listados no Anexo I do edital. O detalhamento dos cargos contendo o perfil da vaga, requisitos, carga horária, vencimentos, atribuições sumárias de cada cargo está disposto no deste Edital. O Processo Seletivo Simplificado terá validade de 12 (doze) meses, a contar da data da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração Pública.

O Processo Seletivo Simplificado terá caráter eliminatório, e realizar-se-á por meio de prova de Títulos e Entrevista, sendo adotado para os contratados através deste Processo Seletivo Simplificado o Regime Jurídico Especial.

O candidato deverá apresentar no ato da inscrição, o formulário constante no Anexo II do Edital devidamente preenchido, bem como entregar neste ato os títulos (original e cópia) para fins de Pontuação, em um único envelope, conforme o anexo III deste edital, acompanhando a contagem de pontos junto à banca avaliadora. Não serão homologadas as inscrições realizadas fora dos dias e horários estabelecidos no Edital. O candidato deverá se inscrever para concorrer somente a uma vaga. Em caso de multiplicidade de inscrições, considerar-se-á válida apenas a primeira. No ato da inscrição, o candidato deverá prestar todas as informações solicitadas, responsabilizando-se pela sua veracidade no formulário de inscrição.

Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá conhecer o Edital e certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos, pois, uma vez efetivada a inscrição não será permitida, em hipótese alguma, a sua alteração. A inscrição deverá ser realizada pelo candidato, ou através de procuração por instrumento particular com fim específico para o Processo Seletivo; Não serão aceitas as inscrições que deixarem de atender rigorosamente ao estabelecido neste Edital. A inscrição do candidato implica na aceitação de todas as exigências contidas neste Edital. A instituição organizadora não se responsabilizará pelo recebimento, fora dos prazos estabelecidos neste Edital, de quaisquer documentos. É vedada a inscrição condicional, a extemporânea e por via postal/fax/correio/internet.

O Processo de Seleção será realizado em duas etapas distintas: Prova de Títulos e Entrevista, ambas de caráter eliminatório, sendo eliminado o candidato que não atingir a pontuação mínima exigida, como também o conceito apto, respectivamente. Primeira Etapa: prova de títulos, conforme anexo III, para fins de pontuação: O candidato deverá anexar no ato da inscrição, o formulário constante no Anexo III, para prova de títulos, devendo preencher apenas a parte superior do documento, acompanhando a contagem da pontuação junto à banca avaliadora, sob pena de eliminação. Serão classificados os candidatos que obtiverem pontuação mínima 08 (oito) pontos. Nesta fase será atribuída pela banca avaliadora uma nota máxima de 16 (dezesseis) pontos para cada candidato, conforme Anexo III. Segunda Etapa consta a entrevista, destinada a avaliar as habilidades e requisitos requeridos para a função escolhida, citada neste edital. O processo de entrevistas ocorrerá nos dias 09 e 10 de Julho de 2020, no Centro de Convenções.

Prefeitura realiza 3a Vacina Drive

A vacinação Drive Thru realizada pela prefeitura de Ponta Porã, através da secretaria municipal de saúde e equipe de vigilância em saúde atingiu os objetivos e atendendo a população, será novamente realizada neste sábado, dia 27, entre as 09h e 15h no estacionamento da prefeitura, como ocorreu na ação anterior, que teve intensa procura por parte dos moradores do município. Na vacinação Drive Thru, as pessoas não precisam sair de seus veículos para receberem as aplicações das vacinas.

O atendimento ocorrerá como anteriormente. Os carros terão acesso pela rua Guia Lopes,  onde adentram no estacionamento, local onde estará montado o posto de vacinação, e saindo pela Rua Antonio João, não prejudicando o fluxo de trânsito nessas vias do centro da cidade.

O prefeito Hélio Peluffo acompanhou a vacinação e destacou mais esse importante mecanismo da prefeitura de Ponta Porã, visando garantir a segurança da população nesta época de pandemia do Covid-19. “É importante tomar todos os cuidados nessa situação difícil por qual estamos passando. Todo cuidado é pouco. E reforçar a imunização da população é muito importante nessa guerra difícil que estamos enfrentando. O Covid veio e está aí. Estamos enfrentando bem a situação, mas a população precisa continuar firme nos cuidados, para que o combate ao Covid continue sendo eficiente. Estamos fazendo a nossa parte, que é cuidar das pessoas de nossa cidade”, declarou o prefeito Hélio Peluffo.

A primeira vacinação Drive Thru aplicou 382 doses de influenza trivalente, 220 doses de tríplice viral, 47 doses hepatite, 1 dose para pólio inativada, 7 doses para pólio oral, 1 dose pentavalente, 1 dose rotavírus, 8 doses anti meningocócica C, 12 doses contra febre amarela, 02 doses tetra viral, 2 doses Hepatite A, 40 doses dupla adulto, 14 doses DPT e 12 doses HPV, somando o total de 749 doses, com 550 pessoas atendidas durante a ação de imunização do último sábado.

Todas essas vacinas estão disponíveis nos postos de saúde. “Mas para essa época de pandemia, o drive foi a melhor forma de realizar a vacinação sem aglomeração de pessoas, mas quem que precisar é só procurar a unidade de saúde mais próxima. O que chamou atenção na primeira ação, foi o grande número de atualização de carteirinhas. Crianças e adultos que não tomavam as vacinas há muito tempo. Podemos notar que tinham pessoas que há muito tempo não iam a um posto de saúde. Por isso nós pedimos que as pessoas procurem a sua unidade de saúde, para dar uma olhada na carteirinha de vacinação, para ver se está tudo certinho, se a pessoa está imunizada ou não. Isso oportuniza melhor saúde e qualidade de vida para a população,”, afirmou Isabela Guerreiro.

O prefeito Hélio Peluffo disse que esse é mais um mecanismo da prefeitura visando garantir a segurança da população nesta época de pandemia do Covid-19.

A Vacinação Drive oferecerá imunização para a tríplice viral – sarampo, caxumba e rubéola (na faixa etária de 20 a 49 anos), além da gripal trivalente direcionado para o público de professores, crianças (6 meses a menores de 6 anos), puérperas, gestantes, indígenas, adultos a partir de 55 anos, pessoas com necessidades especiais, funcionários do sistema prisional e segurança, adolescentes (12 a 21 anos) e portadores de doenças crônicas.

Durante a ação, também estarão sendo realizada a atualização da carteirinha vacinal.

Prefeitura instala barreira sanitária no acesso da BR 463

Ponto estratégico monitora chegada a Ponta Porã pela rodovia federal, com desinfecção

Desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira, 24, a prefeitura de Ponta Porã através da secretaria municipal de Saúde realiza barreira sanitária no acesso da BR 463 – entrada da cidade. O ponto de atendimento está instalado no trevo de acesso à Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul e monitora a chegada via rodovia federal. O prefeito Hélio Peluffo, acompanhado do secretário de Saúde, Dr. Patrick Derzi esteve no local logo que o monitoramento iniciou.

Ao passar pelo local, o motorista está sendo abordado por profissionais da saúde, da Secretaria Municipal, com aferição da temperatura corporal, informação e orientação à população sobre a prevenção ao covid-19.

As barreiras são realizadas em pontos estratégicos, pelas vigilâncias sanitárias estadual e municipais Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e voluntários, para reforçar a vigilância nas portas de entrada das cidades. A Guarda Civil Municipal dá o suporte para o atendimento.

“O objetivo da barreira é captar, monitorar, orientar e notificar, se for o caso, a população em trânsito que está entrando no nosso município. As pessoas abordadas são orientadas a permanecer em isolamento domiciliar pelo período de sete dias, se não tiverem sintomas, e 14 dias, se tiverem sintomas, a contar do dia em que chegaram de viagem”, explicou o secretário de Saúde, Dr. Patrick Derzi.

“Em caso de abordagem a casos suspeitos, os mesmos são notificados e orientados a permanecer em isolamento, e a equipe da Saúde da Família é comunicada para a realização de visita domiciliar e monitoramento durante o período preconizado pelo Ministério da Saúde, reforça.

Na abordagem é preenchido um questionário de onde o passageiro/motorista está vindo e para onde vai, são notificados em fichas de controle todos aqueles que venham de outros municípios, estados e países, sendo encaminhados para Vigilância Epidemiológica a fim de realizar o monitoramento.  Na ocasião, motoristas também são orientados sobre a prevenção ao COVID-19, o uso obrigatório de máscara ao sair de casa, distanciamento social e demais cuidados de higiene.

“Desta forma, solicitamos a compreensão e colaboração da população que no momento da abordagem forneçam informações fidedignas para andamento dos trabalhos”, afirmou o médico Patrick Derzi.

LEGENDA

Barreira sanitária está instalada no trevo da UEMS, na BR 463