Chuva pesada deixa rastro de estragos em Ponta Porã

Densidade pluviométrica de 58mm em menos de 30 minutos provocou danos em obras; Prefeitura fará obra emergencial para consertar os estragos

A forte e pesada chuva registrada no início da tarde desta quinta-feira, por volta de 14h45, deixou rastro de estragos em diversas regiões de Ponta Porã. Consequência da obra na região do bairro Jardim Alegrete danificou trecho da rua Ladário, obra de drenagem e ponte interligando a região dos Ipês ao centro da cidade pelo bairro São Vicente de Paula. A chuva rápida e muito pesada (58 milímetros em poucos minutos), transbordou o córrego São João Mirim e causou erosão nas cabeceiras  da ponte localizada no acesso ao bairro São Vicente de Paula. Sem apoio, o asfalto cedeu e a via precisou ser interditada no final da tarde de ontem pela Prefeitura Municipal.

O prefeito Hélio Peluffo esteve no local e determinou a realização de obras de emergência na ponte para restabelecer mais rapidamente possível a normalidade do tráfego.  Com o transbordamento do córrego, a água carregou o material do aterro que dava suporte para o asfalto e a pista cedeu.

Os estragos aconteceram em vários pontos da cidade, mobilizando as equipes de manutenção da Prefeitura. Nessa época do ano é comum fortes precipitações em poucos minutos, gerando alagamentos por conta da incapacidade da rede de drenagem para escoar a água que se acumula e corre com força.

A conclusão das obras de drenagem no Bairro Alegrete que a Prefeitura está executando vão ajudar a diminuir o fluxo de água e amenizar a complicação com as inundações.

 

Imediatamente com a constatação da forte chuva, o prefeito Hélio Peluffo acionou a Defesa Civil, a secretaria de Segurança Pública e Obras e Urbanismo com os estragos registrados. Além da rua Ladário, as obras de drenagem na rua Coronel Camisão executadas para desafogar o acumulo d´água na rua 7 de Setembro, na altura do Ponta Porã Tênis Clube, também sofreram consideráveis avarias.

O prefeito Hélio Peluffo determinou a contratação emergencial de obras para recuperar os estragos. Além das ruas Ladário e Coronel Camisão, na rua Comandante Cardoso o excessivo volume de água também preocupa, mas sem maiores riscos. O prefeito Hélio solicitou que a Defesa Civil permaneça de prontidão, pois a previsão é de que a chuva continue pelo menos até domingo em maior densidade.

Na região do bairro Jardim Alegrete, as obras de drenagem em andamento impactaram na impermeabilidade do solo, dificultando a sucção das águas das chuvas. Com a forte chuva de ontem em um curto espaço de tempo, o excessivo volume d´água percorreu outras vias, chegando até a parte baixa, correndo pela rua Agudos e seguindo para a rua Ladário, cuja parede de contenção não suportou, cedendo em um pequeno trecho do asfalto.

Ainda nesta sexta-feira, 30, por determinação do prefeito Hélio Peluffo, será feita a concorrência emergencial para contratação de emprega e a obra seja iniciada imediatamente.

Nesta quinta-feira, o prefeito reuniu-se com os secretários de Obras e Urbanismo, André Manosso, Dr. Ricardo Soares (Procuradoria Jurídica) e Marcelino Nunes (Segurança Pública) para as primeiras medidas em relação aos estragos propiciados pela forte chuva registrada em toda a região.

CAMPO GRANDE

Um dos maiores estragos por conta das fortes chuvas, aconteceu em Campo Grande, no mês de dezembro de 2009, quanto parte do aterro sobre o córrego Prosa na avenida Ceará desmoronou quase em frente da Universidade Uniderp, abrindo um buraco de com cerca de  dez metros de profundidade e ao menos vinte de diâmetro. Bocas de lobo e calçada foram tragadas, interditando a pista por meses.

Em Naviraí, a Vila Paraíso quase foi tragada pela erosão causada pelas chuvas quatro anos atrás.

Prefeitura adquire triciclo de sinalização viária

Além de maior durabilidade, maquinário garante mais eficiência e rapidez nos serviços

A prefeitura de Ponta Porã, através da secretaria municipal de Segurança Pública,
acaba de adquirir uma máquina especialmente para atender a demanda da sinalização viária horizontal em todo o município. Além da melhoria na qualidade dos serviços, a nova
modalidade possibilitará maior durabilidade da sinalização em todo o perímetro.

O secretário de Segurança Pública, Marcelino Nunes ressaltou a preocupação do
prefeito Hélio Peluffo em melhorar as condições de trabalho e consequentemente, dos serviços prestados à população no tocante a constante manutenção de toda a sinalização viária horizontal.

A máquina adquirida pela prefeitura é um triciclo de sinalização viária horizontal,
permitindo a confecção de faixas contínuas, de pedestres, visão de pista, meio fio e outras
modalidades de forma rápida, eficiente e com maior qualidade, aumentando o período de
durabilidade da pintura feita no asfalto. É possível realizar programação automática dos
trabalhos a serem executados, o que permite redução de custos.

“Antes fazíamos a pintura em forma de ´garoa´, ou seja em pequena e superficial
pintura, reduzindo o tempo de duração do trabalho. Agora, com a pressão maior do jato de
tinta, a durabilidade chega a dez vezes mais”, explicou o secretário Marcelino Nunes.

A secretaria de Segurança Pública vem agilizando o serviço de sinalização horizontal
nos bairros em todas as regiões do município. Na região norte da cidade, o bairro Kamel Saad vem recebendo ampla revitalização da sinalização para melhorar as condições de
trafegabilidade no bairro, um dos maiores nessa região da cidade. A rua principal e as
transversais estão recebendo sinalização completa por parte da Coordenadoria Municipal de
Trânsito e Transporte.

Esse trabalho é determinação do prefeito Hélio Peluffo o desenvolvimento da
revitalização da sinalização, tanto em pontos críticos como em locais de menor movimentação e circulação de veículos. No ano passado, uma parceria com o presídio masculino através do diretor Carlos Jardim proporcionou a substituição da sinalização vertical em vários pontos da cidade, principalmente os mais críticos. “Estamos dando continuidade ao trabalho e conforme o clima chuvoso vai permitindo, estamos levando para outras regiões da cidade”, disse o secretário de Segurança Pública, Marcelino Nunes.

Além da sinalização, a prefeitura realizou revitalização das vias centrais na cidade,
visando dar maior agilidade no fluxo de veículos. As mudanças introduzidas pela prefeitura no trânsito visam garantir maior segurança e agilidade no fluxo de veículos. A prefeitura de Ponta Porã está revitalizando o trânsito do município em pontos de intensa movimentação.

As mudanças buscam dinamizar o fluxo de veículos e evitar acidentes e mortes no
trânsito em nosso município, lembra o secretário Marcelino Nunes, emendando que o projeto de ordenamento do trânsito tem como principal meta melhorar a qualidade do fluxo em pontos de intensa movimentação, ponderou.

As mudanças visam melhorar e garantir maior dinamismo no fluxo de veículos no
centro da cidade, além de reduzir sensivelmente os riscos de acidentes nos cruzamentos da
avenida Brasil com as ruas Jorge Salomão (antiga Rio Branco) e São Paulo, onde estão sendo implantados conjunto semafóricos.

Além disso, a rua Paraguai, entre a rua Tiradentes e a rua D. Pedro II, área mais
centrica, voltou a ser mão dupla, facilitando o escoamento do trânsito na avenida Brasil e rua Marechal Floriano. Os estudos foram desenvolvidos por técnicos.

O secretário de Segurança Pública, Marcelino Nunes lembrou que o cruzamento da
avenida Brasil com a rua Jorge Salomão foi batizada de “esquina da morte”, devido ao registro constante de acidentes nesse ponto.

Essa via tem intensa movimentação pois liga o centro da cidade à região norte pela
rua Jorge Antonio Salomão, inclusive dando acesso a Ceinf, ao cemitério municipal ´Cristo Rei´ – o maior da cidade, ao hospital regional de Ponta Porã e ao IML (Instituto Médico Legal). A revitalização do trânsito é constante e monitorada constantemente visando garantir melhorias.
O objetivo é garantir maiores condições de segurança aos condutores de um modo geral.

Prefeitura implanta novo horário de expediente

Paço Municipal terá expediente das 07h às 13h a partir deste dia 1º de novembro

A prefeitura de Ponta Porã implanta a partir deste 1º de novembro, novo horário de atendimento ao público no Paço Municipal. As secretarias terão horário alternativo, de acordo com o funcionamento de cada pasta em sua respectiva área. O ponto biométrico já está implantado em várias secretarias e a partir desta quinta-feira, dia 1º, passa a fruncionar no Paço Municipal. O prefeito Hélio Peluffo assinou o Decreto 8.083, de 18 de setembro de 2018, dispondo sobre o expediente nas repartições públicas municipais, o registro e o controle de frequência dos servidores públicos do Poder Executivo municipal. No documento, está normatizado todo o funcionamento da máquina pública no âmbito da prefeitura, como requerido pelo Ministério Público Federal.

Apesar do expediente no Paço ser das 07h às 13h, o atendimento ao público em várias secretarias será normal, durante todo o dia, com intervalo para o almoço.

A instalação dos equipamentos teve início pelo Centro de Especialidades Médicas “João Kayatt”, onde o sistema já está em funcionamento. A secretária de Administração, Dulce Manosso, disse que o Poder Executivo está cumprindo a exigência do Ministério Público Federal. Ela informou que o sistema de ponto eletrônico será instalado em todas as secretarias municipais.

No Decreto, está especificado que “considerando o disciplinado no artigo 2º da Lei Municipal número 3.925, de 09 de maio de 2013, que torna obrigatório o registro do ponto para todos os servidores municipais do Legislativo e Executivo; a utilização de mecanismo eletrônico configura maior eficiência no controle da assiduidade e pontualidade dos servidores públicos; o funcionamento de determinadas repartições públicas municipais em horário contínuos e reduzido permitirá atendimento com maior presteza e eficiência à população; a necessidade premente de implementar medidas de redução de despesas com os serviços administrativos; a necessidade de aperfeiçoar a qualidade dos serviços públicos por meio da tecnologia da informação, minimizando custos operacionais; e ainda, considerando o princípio da eficiência, previsto no artigo 37 da Constituição Federal, a jornada de trabalho dos servidores públicos dos órgãos que integram a administração direta e indireta será de 08 (oito) horas diárias e 40 semanais, com funcionamento nos dias úteis das 7h às 17h. O parágrafo único. A jornada de trabalho descrita no caput poderá, excepcionalmente, ser reduzida para 06 (seis) horas diárias e 30 (trinta) horas semanais, por ato próprio de cada Secretário Municipal que, para tanto, deverá considerar a essencialidade do serviço”.

Dentre alguns pontos estabelecidos pelo Decreto 8.083/2018, está especificado que o ponto eletrônico biométrico será o a ferramenta oficial de verificação da frequência e assiduidade dos servidores do Poder Executivo Municipal. O registro de frequência é pessoal e obrigatório para todos os servidores em exercício. Para registro da frequência será utilizado equipamento de leitura biométrica digital ou, na impossibilidade de uso deste método, em situações excepcionais, a folha individual de frequência. Os servidores terão acesso, por meio do sistema de Registro Eletrônico de Ponto, disponível na intranet, aos registros de frequência, para as devidas anotações, registro e providências.

Outro ponto é a verificação da assiduidade e da pontualidade no âmbito das avalições de estágio probatório deverá observar no que couber, o contido no Decreto.

Poderão ser responsabilizados disciplinarmente os servidores que de forma imotivada se recusarem a cadastrar a biometria no Relógio Eletrônico de Ponto para fins de controle de frequência. Todo o Decreto está disponibilizado no site da prefeitura no endereço eletrônico www.pontapora.ms.gov.br, na seção Diário Oficial do dia 19 de setembro de 2018. A omissão nas informações relativas à frequência do servidor implicará na suspensão imediata e proporcional de sua remuneração.

 

Reunião com servidores no anfiteatro da prefeitura

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DA PREFEITURA

Horário de Atendimento ao  Público  do PAÇO MUNICIPAL

Conforme Decreto nº 8083 de 18/09/18   7h as 13h

Secretaria municipal de Governo e Comunicação

Secretaria Municipal de Administração

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável

Procuradoria

Gabinete

Secretaria Municipal de Finanças

 

Secretaria Municipal de Saúde: Atendimento ao público  das 7h as 13h

SAE :7h as 13h

CIS: 7h as 13h

CRE: 7h as 18h

Demais órgãos 7h as 11h e das 13h as17h (Postos de Saúde e Farmácia Popular)

 

Secretaria Municipal de Educação – Atendimento ao público 7h as 13h

 

FUNCESPP

7h AS 11h  e 13h as 17h

 

Secretaria Municipal de Obras

7h as 11h e das 13h 17h

 

Secretaria Municipal de Assistência Social

7h as 13h

CREAS E CRES E DEMAIS ORGÃOS 7h as 11h e das 13h as 17h

 

Parque dos Ervais

7h as 22h

CIAT – 7h as 13h

Junta Militar – 7h as 13h

Procon – 7h as 13h

 

Secretaria de Segurança Pública 7h as 17h

Famílias recebem posse de imóveis no Jardim Ivone

Prefeitura entrega matrícula definitiva de terrenos a famílias na região norte de Ponta Porã

A prefeitura de Ponta Porã, através da Agência Municipal de Habitação (Habiporã) efetuou a entrega de mais um lote de documentos de posse a famílias na região norte da cidade. Desta vez, moradores da região do Jardim Ivone, seção 1, foram contemplados com o título definitivo. O secretário de Governo e Comunicação, Dr. Eduardo Campos, representou o prefeito Hélio Peluffo no ato de entrega, realizada na escola municipal Jardim Ivone.

“Entregamos os títulos definitivos para 21 famílias proprietárias de imóveis no Jardim Ivone. Criamos o projeto pensando nas famílias que estavam em suas casas irregulares. Estamos fazendo isso para cuidar das pessoas”, destacou o secretário, enfatizando a preocupação do prefeito Hélio Peluffo em regularizar os imóveis a todas as famílias beneficiárias.

“Somos uma gestão que prega a cultura da paz nos diversos grupos sociais nas quais fazemos parte. Mas como ter paz estando irregularmente em um imóvel? Pensamos nisso e estamos trazendo paz para essas famílias. É dessa maneira que zelamos pela nossa população”, enfatizou Eduardo Campos.

O prefeito Hélio Peluffo vem lembrando que a regularização fundiária é mais um compromisso firmado com a população e que vem sendo rigorosamente cumprido com a entrega do documento de posse definitivo dos imóveis às famílias.

A finalidade mais importante é titular o ocupante. Com isso, garantir o direito social à moradia digna e às condições de vida adequadas; função social da propriedade; eficiência na ocupação e no uso do solo. Por meio de um processo administrativo, que compreende medidas jurídicas, urbanísticas, ambientais e sociais.

Uma equipe composta por profissionais de diversas áreas (arquiteto, engenheiro, advogado, assistente social, auxiliares administrativos) efetua levantamento de dados, tanto sobre a terra e parcelamento do solo, quanto os ocupantes, a condição s de cada um, a composição familiar.

O plano de regularização fundiária está acontecendo também em outras localidades, como no Núcleo Urbano do Assentamento Itamarati I. Os próximos bairros a receber serão o Jardim Ivone 1ª e 2ª Seções.

Sindiporã participará dos debates do PCCR

Prefeito Hélio Peluffo garante efetiva presença de todas categorias do funcionalismo municipal

A prefeitura de Ponta Porã abre canal de diálogo com todas as categorias do funcionalismo público municipal acerca da implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) no Poder Executivo. Uma das primeiras reuniões ocorreu com dirigentes do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação), presidente Edvaldo Vieira e Luciana Mattos com a secretária de Administração, Dulce Manosso e o presidente da Comissão de Debates do Plano, Rodrigo Sette. Posteriormente, o Sindiporã (Sindicato dos Servidores Público Municipal de Ponta Porã) também está participando, inclusive já tendo garantido participação na comissão formada para debater o PCCR.

Semanalmente ocorrerão reuniões da comissão com setores da administração municipal. No início da semana, ocorreu a abertura oficial dos trabalhos iniciando o processo para implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) em todo o funcionalismo público municipal no Poder Executivo. Foi a primeira reunião de trabalho para formalizar a comissão que passa a debater internamente a elaboração do Plano, uma das mais antigas aspirações dos servidores públicos.

A secretária de Administração, Dulce Manosso e o presidente da comissão, Rodrigo Sette mantiveram encontro com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Antonio Marques. A partir de agora, as reuniões serão periódicas visando esgotar todos os itens que integrarão o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração, em todos os detalhes. Sob a coordenação da secretária de Administração, Dulce Manosso, representantes das secretarias iniciaram os trabalhos formalmente, primeiramente com a formação da comissão responsável pelos estudos.

O prazo final para implantação efetiva do PCCR é maio de 2019. “Até lá, teremos que entregar o plano de cargos, carreira e remuneração”, reiterou Dulce Manosso. A comissão será presidida pelo Controlador Interno do Poder Executivo, Rodrigo Sette e contará com integrantes de todas as secretarias municipais.

A política de recursos humanos do Poder Executivo do Município de Ponta Porã terá como finalidade a valorização do servidor, a criação de condições favoráveis à inovação, ao aprimoramento profissional e à manutenção do nível técnico e gerencial, o oferecimento de remuneração digna e compatível e o dimensionamento da força de trabalho, visando à eficiência, continuidade e qualidade da prestação dos serviços públicos.

Dentre os pontos abordados na primeira reunião de trabalho, está a que especifica a participação de representantes de todas as secretarias no processo de debate. Na gestão passada, não houve abertura para a participação direta dos servidores, o que acarretou um ´engessamento´ do plano elaborado à época. A secretária de Administração, Dulce Manosso disse que uma das orientações do prefeito Hélio Peluffo é justamente garantir a efetiva e direta participação de servidores de todas as secretarias.

Na área de Educação, haverá estudos no sentido de reformar o atual Plano de Cargos, Carreira e Remuneração, mas a secretária Dulce Manosso explicou que cada pasta especificamente debaterá internamente todos os detalhes e apresentará relatório final, adaptando ao PCCR que entrará em vigor em maio de 2019.

O prefeito Hélio Peluffo destacou que “nossa administração tem pautado pela seriedade e comprometimento com a gestão pública. Não gastamos além do que arrecadamos, o planejamento é feito para o mês e temos honrado todos os compromissos com fornecedores”, disse o prefeito Hélio, enfatizando o equilíbrio fiscal como principal base de sustentabilidade administrativa.

O prefeito Hélio Peluffo deu ênfase no encontro ao apoio obtido da ampla maioria da Câmara de Vereadores aos principais projetos do Poder Executivo “sempre respeitando a democracia e o posicionamento político de cada parlamentar municipal”. Hélio reiterou que a maioria dos 79 municípios do Mato Grosso do Sul enfrentam dificuldades de caixa, citando como exemplo Dourados onde a folha de pagamento está sendo parcelada.

“Com muito esforço de toda nossa equipe, estamos conseguindo atingir o equilíbrio financeiro tão almejado, fazendo gestão dos recursos de forma otimizada, cortando gastos”, lembrou o prefeito. Ele citou a arrecadação do IPTU e a volta da confiança do contribuinte em investir no pagamento. Hélio afirmou que a administração municipal vem buscando, através de estudos técnicos, garantir cobrança mais justa dos tributos municipais. O prefeito reafirmou que a reposição das perdas salariais ao município também é fruto do apoio obtido na Câmara de Vereadores com aprovação do projeto financeiro no Previporã. “Esse recurso que está retornando possibilita essa margem que hoje estamos repassando aos servidores”, afirmou Hélio Peluffo.

“Esse sacrifício financeiro que estamos fazendo desde o início da nossa gestão começa a render bons frutos”, ponderou o prefeito Hélio. “Nossa equipe é coesa, temos servidores comprometidos. Trabalhamos com transparência, zelo em busca principalmente do equilíbrio fiscal, tão importante nos dias atuais”, analisou Peluffo. “Tudo isso, sempre em busca de condições dignas de trabalho ao funcionalismo”.

IPTU 2018: carro e duas motos 0 Km serão sorteados dia 15

A Prefeitura de Ponta Porã vai sortear neste mês de outubro, três prêmios do IPTU 2018, sendo um carro zero quilômetro e duas motos também 0 km. Vale lembrar que vence neste dia 10 de outubro, a sétima parcela do IPTU. Somente quem estiver rigorosamente em dia com o tributo municipal vai concorrer aos prêmios. O sorteio ocorrerá dia 15, segunda-feira, às 10h, no Paço Municipal. 

O secretário de Finanças, Fabrício Cervieri, disse que o IPTU – Imposto Predial e Territorial Urbano, é o imposto que fica 100% no município. “È assim que conseguimos melhorar a infraestrutura de nosso município, investir na educação e assistência social, por exemplo. Por isso é muito importante que o contribuinte esteja em dia com seu IPTU. No dia 15 de outubro estaremos sorteando aqui na prefeitura, um carro e duas motos. Esse será o primeiro sorteio dos prêmios do IPTU 2018”, afirmou Fabrício Cervieri. O sorteio será realizado as 1º horas do dia 15 de outubro no setor de tributos do Paço Municipal. A prefeitura ainda vai realizar o sorteio de mais dois carros 0 km até o final do ano.

O prefeito Hélio Peluffo, destaca que neste ano, muitas obras utilizando recursos próprios, a prefeitura realizou pavimentação asfáltica de diversas regiões, melhorando com isso a qualidade de vida da população. “Sabemos do quanto o morador espera pelo asfalto, e nossos projetos estão avançando. Com recursos do IPTU, ampliamos nossa malha asfáltica nos bairros e proporcionamos melhorias nas condições dos bairros e vamos melhorar ainda mais”, enfatiza o prefeito. 

No ano passado, o prefeito Hélio Peluffo lembra que os recursos oriundos do IPTU foram aplicados em várias frentes de trabalho, melhorando a qualidade de vida da população. Utilizando parte dos recursos do IPTU pago à vista, a prefeitura efetuou recapeamento de sete trechos de vias públicas, totalizando 21 mil e 440 metros quadrados de pavimento  novo.

“Não reajustamos o valor como muitos municípios fizeram, apostamos em aumentar o percentual de pagamento e reverter tudo em investimentos para nosso município em várias áreas”, destaca o prefeito Hélio Peluffo.

?
?

Prefeitura abre diálogo com servidores sobre PCCR

?

Todas categorias farão parte dos debates, conforme orientação do prefeito Hélio Peluffo

?

A prefeitura de Ponta Porã abre canal de diálogo com todas as categorias do funcionalismo público municipal acerca da implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) no Poder Executivo. Uma das primeiras reuniões ocorreu com dirigentes do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação), presidente Edvaldo Vieira e Luciana Mattos com a secretária de Administração, Dulce Manosso e o presidente da Comissão de Debates do Plano, Rodrigo Sette.

Semanalmente ocorrerão reuniões da comissão com setores da administração municipal. No início da semana, ocorreu a abertura oficial dos trabalhos iniciando o processo para implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) em todo o funcionalismo público municipal no Poder Executivo. Foi a primeira reunião de trabalho para formalizar a comissão que passa a debater internamente a elaboração do Plano, uma das mais antigas aspirações dos servidores públicos.

No encontro com os dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, foram reiteradas várias situações que serão amplamente debatidas até o fechamento dos debates. A partir de agora, as reuniões serão periódicas visando esgotar todos os itens que integrarão o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração, em todos os detalhes. Sob a coordenação da secretária de Administração, Dulce Manosso, representantes das secretarias iniciaram os trabalhos formalmente, primeiramente com a formação da comissão responsável pelos estudos.

O prazo final para implantação efetiva do PCCR é maio de 2019. “Até lá, teremos que entregar o plano de cargos, carreira e remuneração”, reiterou Dulce Manosso. A comissão será presidida pelo Controlador Interno do Poder Executivo, Rodrigo Sette e contará com integrantes de todas as secretarias municipais.

A política de recursos humanos do Poder Executivo do Município de Ponta Porã terá como finalidade a valorização do servidor, a criação de condições favoráveis à inovação, ao aprimoramento profissional e à manutenção do nível técnico e gerencial, o oferecimento de remuneração digna e compatível e o dimensionamento da força de trabalho, visando à eficiência, continuidade e qualidade da prestação dos serviços públicos.

Dentre os pontos abordados na primeira reunião de trabalho, está a que especifica a participação de representantes de todas as secretarias no processo de debate. Na gestão passada, não houve abertura para a participação direta dos servidores, o que acarretou um ´engessamento´ do plano elaborado à época. A secretária de Administração, Dulce Manosso disse que uma das orientações do prefeito Hélio Peluffo é justamente garantir a efetiva e direta participação de servidores de todas as secretarias.

Na área de Educação, haverá estudos no sentido de reformar o atual Plano de Cargos, Carreira e Remuneração, mas a secretária Dulce Manosso explicou que cada pasta especificamente debaterá internamente todos os detalhes e apresentará relatório final, adaptando ao PCCR que entrará em vigor em maio de 2019.

Prefeitura libera salários nesta 6ª feira, dia 28

Política de valorização do funcionalismo público municipal é uma das prioridades da gestão Hélio Peluffo

A Prefeitura de Ponta Porã efetua nesta sexta-feira, dia 28, o pagamento dos salários de setembro para todos os servidores públicos municipais, repetindo assim o que vem ocorrendo desde o início da administração do prefeito Hélio Peluffo com a antecipação da folha salarial. Como vem ocorrendo, novamente a folha é liberada antes da virada do mês.

“Valorizar o servidor público é reconhecer o trabalho desenvolvido para bem atender a população”, disse o prefeito Hélio. Mas o pagamento antecipado dos salários é apenas um dos pontos da política de valorização do servidor público municipal, já que constantemente são realizados cursos de aperfeiçoamento e capacitação profissional de toda a categoria em todas as áreas.

O prefeito Hélio vem destacando e enfatizando o equilíbrio fiscal, avançando em vários setores. A quitação antecipada dos salários aos servidores lembra o prefeito é fruto do empenho de toda equipe financeira da prefeitura.

A política de valorização do funcionalismo público municipal é prioridade na gestão. Desde que assumiu o comando administrativo do município, em 1º de janeiro de 2017, o prefeito Hélio Peluffo vem quitando a folha do funcionalismo antes da virada do mês, proporcionando maior tranquilidade aos servidores e fomentando a economia do município junto ao comércio local.

O secretário de Finanças, Fabrício Cervieri enfatiza que a política de equilíbrio das contas da prefeitura é dentre outros fatores, resultado do trabalho de todo o secretariado, seguindo orientação do prefeito Hélio Peluffo no tocante a contenção de gastos, sem no entanto, prejudicar a prestação de serviços à população.

Ponta Porã faz bonito nos Jogos da Melhor Idade do Estado

A equipe da Melhor Idade do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Idosos (Conviver) de Ponta Porã, participou dos Jogos Estaduais da Melhor Idade na cidade de Jardim, entre os dias 18 a 21 de setembro com modalidades de voleibol e bocha na categoria masculino e feminino.

A equipe trouxe para casa o 3º lugar no voleibol feminino. A delegação de atletas participou com o incentivo e apoio da Prefeitura de Ponta Porã, por meio da Secretaria de Assistência Social. O evento é uma realização da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul, contou com a participação de atletas da melhor idade de 26 municípios e média de 600 participantes.

A secretária de Assistência Social, Vera Lúcia Oliveira enfatizou o apoio do prefeito Hélio Peluffo às ações da pasta e agradeceu a participação de todos os integrantes do grupo da Melhor Idade de Ponta Porã pela disponibilidade e representar o município na competição estadual.

Além dos jogos, houve o tradicional Baile da Melhor Idade e a pista de dança montada no Sindicato Rural de Jardim não parou ao som das músicas regionais e também do chamamé e da vanera. No desfile de Miss e Mister Melhor Idade quem levou o título para casa foi o casal Claudionor da Silva e Leila Viana do município de Três Lagoas.

A dupla anfitriã do evento conquistou o segundo lugar e o município de Iguatemi ficou em terceiro no desfile. O destaque da noite foi para a elegância de todos os representantes da festa, que esbanjaram sorrisos e carinho com o público. As torcidas animaram o desfile com muito bom humor, encerrando a confraternização com chave de ouro.

Os Jogos da Melhor Idade continuam em novembro. A segunda etapa também acontecerá em Jardim e as modalidades em disputa serão: atletismo, dama, dança de salão, dominó, natação, malha, sinuca, tênis de mesa, truco e xadrez.

Ponta Porã sediará curso de pós-graduação em Serviço Social

Parceria entre a Prefeitura de Ponta Porã, por meio da secretaria municipal de Assistência Social e a PósFar (Faculdade Aldemar Rosado).  O curso será ministrado com encontros mensais, presencial, totalizando 510 horas. As matrículas estão acontecendo até o dia 28 de setembro na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social de Ponta Porã, na Avenida Brasil, esquina com Baltazar Saldanha.

As aulas também acontecerão na sede da Secretaria. Profissionais em Assistência Social lotados no município terão desconto especial. O curso possibilita o aprofundamento teórico-crítico dos/as profissionais de Serviço Social para atuarem criticamente e propositivamente junto aos organismos públicos e privados seja na gestão, implementação ou execução das políticas sociais.

Dentro da metodologia a ser apresentada, está há necessidade de aproximar teoria e prática com a finalidade de apreender a realidade concreta, promovendo a apropriação da instrumentalidade no processo de formação profissional, e assim fortalecer a construção e utilização de instrumentos necessários ao processo de intervenção do Serviço Social, bem como possibilitar o entendimento de seu uso. O diálogo entre teoria e prática deve estar presente em nosso cotidiano acadêmico promovendo a compreensão dos instrumentos e ações da prática profissional, pois a formação acadêmica não pode ser descontextualizada, fragmentada e atomizada.

“Conclui-se que é necessário promover o conhecimento profissional com base teórico-metodológica e na interpretação da realidade cotidiana, buscando através da universidade, inserir o acadêmico em espaços de enfrentamento das expressões da questão social. Desta forma a universidade constitui-se como um lugar privilegiado para potencializar o saber sobre as demandas sociais e as formas de direitos na sociedade contemporânea”.