Prefeitura sedia reunião técnica sobre voo comercial

Representantes de vários segmentos da sociedade fronteiriça estiveram reunidos na manhã de ontem no anfiteatro da Prefeitura de Ponta Porã com intuito de abrir discussões acerca da reimplantação de linha área comercial ligando a fronteira ao resta do país. O Superintendente de Transporte Viário da Secretaria de InfraEstrutura do Governo do Estado, Fabrício Alves Côrrea participou do encontro que contou com a presença do prefeito Hélio Peluffo, do vice-prefeito Caio Augusto, secretários municipais Marcelino Nunes e Dário Honório, vereadores Anny Espíndola, Candinho Gabínio e Rony Lino, além de empresários dos dois lados da fronteira.

O encontro visou abrir movimento no sentido de encaminhar estudos para apresentar às empresas aéreas o cenário sócio-econômico para dotar a região com voos comerciais ligando Ponta Porã e consequentemente Pedro Juan Caballero aos demais Estados do Brasil.

O prefeito Hélio Peluffo disse que o Poder Executivo é parceiro de todas as ações positivas beneficiando toda a fronteira. Ele voltou a reiterar que o município de Ponta Porã vive um momento especial com atração de empresários interessados em investir nesta região, além das atrações altamente viáveis e positivas em Pedro Juan Caballero, como o nicho de mercado garantido pelas universidades trazendo jovens de todo o Brasil e países vizinhos, além de investidores que enxergam nesta fronteira entre Ponta Porã e Pedro Juan situações consideráveis para implantação de indústrias de pequeno, médio e grande porte.

O Cônsul do Brasil em Pedro Juan, Vitor Hugo Ligaro apresentou números extraoficiais indicando que o número de acadêmicos brasileiros chegam a 10 mil e que essa gama de estudantes vem acompanhada dos familiares e amigos que sentem-se atraídos pela região fronteiriça, seja para residir fixando moradia ou para visita.

O Superintendente de Transporte Viário do Governo do Estado, Fabrício Alves Côrrea afirmou que é plenamente possível a implantação de uma linha aérea comercial para Ponta Porã, onde  já existe um aeroporto com toda infraestrutura adequada. Ele citou o fato de cidades com aeroporto de menor estrutura, como Dourados, Corumbá e Bonito terem um fluxo considerável de passageiros. “São situações locais, pontuais, como é o caso da cidade turística de Bonito, atendida com voo quase diário com demanda de 100 passageiros dia”, observou o superintendente.

Para Almir Fernandes, Superintendente do Aeroporto Internacional de Ponta Porã,  o momento é favorável ao mercado da aviação, citando dados mostrando a evolução em termos de crescimento do número de passageiros em todo o país entre 2015 e 2017. “Essa evolução chega a 25% e isso é uma demonstração positiva”, afirmou. Ele citou que a participação da sociedade civil organizada na luta por uma linha aérea regular é plenamente viável.

Também participaram da reunião técnica o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã (ACEPP), Amauri Nunes, o presidente da Câmara de Comércio de Pedro Juan Caballero, Anibal Aranha, Dr. Marcelo Resende presidente de associação acadêmica de Medidina em Pedro Juan Caballero, vereadores Farid Afif, Rony Lino, Candinho Gabinio e Anny Espíndola, Adir Teixeira coordenador regional do Governo do Estado, empresários e comerciantes dos dois lados da fronteira.

Notícias Relacionadas

Paço Municipal recebe imagem peregrina de Nossa S... O Paço Municipal recebeu na tarde desta quinta-feira, 17, a imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida. Nas mãos do padre Paulo Souza, pároca da Matr...
Prefeito Hélio reúne secretariado e determina redu... O prefeito Hélio Peluffo reuniu o secretariado na manhã desta segunda-feira, 15, para dentre outros assuntos de ordem administrativa, determin...
Nova Itamarati: prefeito Hélio vistoria recuperaçã... Trabalho vem sendo intensificado em várias regiões e beneficiando toda a comunidadeA prefeitura de Ponta Porã, através da secretaria municipal de ...
Chuva pesada deixa rastro de estragos em Ponta Por... Densidade pluviométrica de 58mm em menos de 30 minutos provocou danos em obras; Prefeitura fará obra emergencial para consertar os estragosA...