Sindiporã participará dos debates do PCCR

Prefeito Hélio Peluffo garante efetiva presença de todas categorias do funcionalismo municipal

A prefeitura de Ponta Porã abre canal de diálogo com todas as categorias do funcionalismo público municipal acerca da implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) no Poder Executivo. Uma das primeiras reuniões ocorreu com dirigentes do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação), presidente Edvaldo Vieira e Luciana Mattos com a secretária de Administração, Dulce Manosso e o presidente da Comissão de Debates do Plano, Rodrigo Sette. Posteriormente, o Sindiporã (Sindicato dos Servidores Público Municipal de Ponta Porã) também está participando, inclusive já tendo garantido participação na comissão formada para debater o PCCR.

Semanalmente ocorrerão reuniões da comissão com setores da administração municipal. No início da semana, ocorreu a abertura oficial dos trabalhos iniciando o processo para implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) em todo o funcionalismo público municipal no Poder Executivo. Foi a primeira reunião de trabalho para formalizar a comissão que passa a debater internamente a elaboração do Plano, uma das mais antigas aspirações dos servidores públicos.

A secretária de Administração, Dulce Manosso e o presidente da comissão, Rodrigo Sette mantiveram encontro com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Antonio Marques. A partir de agora, as reuniões serão periódicas visando esgotar todos os itens que integrarão o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração, em todos os detalhes. Sob a coordenação da secretária de Administração, Dulce Manosso, representantes das secretarias iniciaram os trabalhos formalmente, primeiramente com a formação da comissão responsável pelos estudos.

O prazo final para implantação efetiva do PCCR é maio de 2019. “Até lá, teremos que entregar o plano de cargos, carreira e remuneração”, reiterou Dulce Manosso. A comissão será presidida pelo Controlador Interno do Poder Executivo, Rodrigo Sette e contará com integrantes de todas as secretarias municipais.

A política de recursos humanos do Poder Executivo do Município de Ponta Porã terá como finalidade a valorização do servidor, a criação de condições favoráveis à inovação, ao aprimoramento profissional e à manutenção do nível técnico e gerencial, o oferecimento de remuneração digna e compatível e o dimensionamento da força de trabalho, visando à eficiência, continuidade e qualidade da prestação dos serviços públicos.

Dentre os pontos abordados na primeira reunião de trabalho, está a que especifica a participação de representantes de todas as secretarias no processo de debate. Na gestão passada, não houve abertura para a participação direta dos servidores, o que acarretou um ´engessamento´ do plano elaborado à época. A secretária de Administração, Dulce Manosso disse que uma das orientações do prefeito Hélio Peluffo é justamente garantir a efetiva e direta participação de servidores de todas as secretarias.

Na área de Educação, haverá estudos no sentido de reformar o atual Plano de Cargos, Carreira e Remuneração, mas a secretária Dulce Manosso explicou que cada pasta especificamente debaterá internamente todos os detalhes e apresentará relatório final, adaptando ao PCCR que entrará em vigor em maio de 2019.

O prefeito Hélio Peluffo destacou que “nossa administração tem pautado pela seriedade e comprometimento com a gestão pública. Não gastamos além do que arrecadamos, o planejamento é feito para o mês e temos honrado todos os compromissos com fornecedores”, disse o prefeito Hélio, enfatizando o equilíbrio fiscal como principal base de sustentabilidade administrativa.

O prefeito Hélio Peluffo deu ênfase no encontro ao apoio obtido da ampla maioria da Câmara de Vereadores aos principais projetos do Poder Executivo “sempre respeitando a democracia e o posicionamento político de cada parlamentar municipal”. Hélio reiterou que a maioria dos 79 municípios do Mato Grosso do Sul enfrentam dificuldades de caixa, citando como exemplo Dourados onde a folha de pagamento está sendo parcelada.

“Com muito esforço de toda nossa equipe, estamos conseguindo atingir o equilíbrio financeiro tão almejado, fazendo gestão dos recursos de forma otimizada, cortando gastos”, lembrou o prefeito. Ele citou a arrecadação do IPTU e a volta da confiança do contribuinte em investir no pagamento. Hélio afirmou que a administração municipal vem buscando, através de estudos técnicos, garantir cobrança mais justa dos tributos municipais. O prefeito reafirmou que a reposição das perdas salariais ao município também é fruto do apoio obtido na Câmara de Vereadores com aprovação do projeto financeiro no Previporã. “Esse recurso que está retornando possibilita essa margem que hoje estamos repassando aos servidores”, afirmou Hélio Peluffo.

“Esse sacrifício financeiro que estamos fazendo desde o início da nossa gestão começa a render bons frutos”, ponderou o prefeito Hélio. “Nossa equipe é coesa, temos servidores comprometidos. Trabalhamos com transparência, zelo em busca principalmente do equilíbrio fiscal, tão importante nos dias atuais”, analisou Peluffo. “Tudo isso, sempre em busca de condições dignas de trabalho ao funcionalismo”.

Notícias Relacionadas

MPF exige implantação de ponto eletrônico na prefe...   Serviço público municipal terá ponto eletrônico conforme normativa do Ministério Público Federal A prefeitura de Ponta Porã, em um curt...
Servidores municipais convocados para Censo Previd... A Prefeitura de Ponta Porã, através das secretarias de Finanças e Administração, além do Previporã – Instituto de Previdência dos Servidores Municipai...
Prefeitura abre diálogo com servidores sobre PCCR Todas categorias farão parte dos debates, conforme orientação do prefeito Hélio Peluffo ? A prefeitura de Ponta Porã abre canal de diálogo com ...
Prefeitura implanta novo horário de expediente Paço Municipal terá expediente das 07h às 13h a partir deste dia 1º de novembro A prefeitura de Ponta Porã implanta a partir deste 1º de novembro, ...